WSL
Italo Ferreira vira para cima de Miguel Pupo
Ferreira consegue uma última onda faltando apenas dois minutos para derrotar Pupo e seguir vivo na etapa final da perna australiana do Mundial.
Por João Carvalho em 16/04/18
 

Foi na raça. Em duelo brasuca, Italo Ferreira ralou para eliminar Miguel Pupo e avançar ao round 3 em Margaret River, a terceira etapa do Circuito Mundial de Surfe e última da perna australiana.

 
Italo Ferreira.
Kelly Cestari / WSL..
 
Publicidade

Italo, vencedor em Bells Beach, vinha atrás por toda a bateria e faltando dois minutos conseguiu uma onda salvadora que o colocou na frente por 13,67 a 13,16, eliminando Pupo e garantindo-se na próxima fase.

Miguel, por sinal, entrou em Margaret River por convite. Fora da elite após a última temporada, ele ganhou uma chance com a lesão de Kelly Slater, que não pôde competir por mais uma etapa. Pupo volta agora para o QS, a divisão de acesso, onde busca um lugar entre os melhores do mundo em 2019. Já Ferreira segue na briga pelo título de mais uma etapa.

Italo foi parar na repescagem após ir mal no round 1, perdendo para Sebastian Zietz. Já Pupo foi o último em bateria vencida por Robinson. Mas Miguel começou surfando melhor e na primeira onda tirou um 8,33. Italo só foi conseguir uma onda melhor na terceira tentativa, quando tirou 6,17. Pupo, já na segunda, tirou 4,83, quando somou 13,16 e passou a liderar com folga. A virada veio só na quinta e última onda, faltando dois minutos, quando Italo tirou 7,50 e somou 13,67.

Além de Italo, o Brasil tem Gabriel Medina, Filipe Toledo, William Cardos, Adriano de Souza, Yago Dora, Michael Rodrigues e Jesse Mendes no round 3.

 

 
 
 
 
 
Publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Veja também:
 
 
 
 
 
 
 
Mais Notícias
 
 
 
Publicidade